terça-feira, 28 de julho de 2009

Quando Deus não está à frente do seu povo


Texto Básico: Êxodo 14.19-20


“E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles.E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas”.
Êxodo 14.19-21

1.Contexto Histórico

•Israel estava completando 430 anos de exílio no Egito – Êxodo 12.40-41.


“O tempo que os filhos de Israel habitaram no Egito foi de quatrocentos e trinta anos. E aconteceu que, passados os quatrocentos e trinta anos, naquele mesmo dia, todos os exércitos do Senhor saíram da terra do Egito”.


•Os israelitas fortalecidos e unidos pela solene refeição da páscoa partiram do Egito (Êxodo 12.37-42). De acordo com Números 1.46, estudiosos do Velho Testamento afirmam que 3.500.050 almas seguiram Moisés.


“Todos os contados eram seiscentos e três mil e quinhentos e cinqüenta”.


•Deus desvia a rota do êxodo – Êxodo 14.1-2.
•O povo angustiado questiona Moisés Êxodo 14.11-12 e Moisés proclama um oráculo de salvação (Êxodo 14.13-14) e recebe de Deus a orientação devida (Êxodo 14.15-16).


Ponto 1


DEUS ESTÁ ONDE EXISTE VERDADEIRAMENTE NECESSIDADE DE SUA PRESENÇA.


•Assim diz à palavra:


“E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles”.
Êxodo 14.19.


•A pergunta que me fiz ao ler este texto foi: ONDE ESTAVA A VERDADEIRA AMEAÇA?

a.A ameaça era o mar que estava diante do povo?
b.A ameaça era a aparente desorientação do líder Moisés?

“Então Faraó dirá dos filhos de Israel: Estão embaraçados na terra, o deserto os encerrou”. Êxodo 14.03

c. A ameaça era os egípcios?


Esse era o pior momento vivenciado por Israel Havia ali uma conjuntura no mínimo desastrosa para o povo de Deus:

a.Mar trancando uma rota de fuga.
b.Um deserto preste a se transformar em um túmulo para aqueles que o enfrentasse.
c.Um exército sedento de sangue e louco para lançar mãos de uma presa fácil.

E agora Israel? E agora irmãos?

Em êxodo 14.10-11 a bíblia é clara em afirmar qual a decisão do povo de Deus.

“E aproximando Faraó, os filhos de Israel levantaram seus olhos, e eis que os egípcios vinham atrás deles, e temeram muito; então os filhos de Israel clamaram ao Senhor”. Êxodo 14.10-11


A visão descrita neste verso é de morte, de desespero, fracasso e impotência. O grau de perturbação e medo é tanta, que só quem passou por uma síndrome de pânico pode superficialmente compreender a sua extensão.Primeiro, veio o clamor a Deus, depois a queixa a Moisés.


E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no Egito, para nos tirar de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos fizeste isto, fazendo-nos sair do Egito? 12 Não é esta a palavra que te falamos no Egito, dizendo: Deixa-nos, que sirvamos aos egípcios? Pois que melhor nos fora servir aos egípcios, do que morrermos no deserto”.
Êxodo 14.11-12


Para o povo de Israel a ameaça era tudo (Mar, deserto e egípcio), sua inquietação impedia de ver Deus.

“Por que nos fizeste isto, fazendo-nos sair do Egito”?

a)Moisés e não Deus é aqui colocado como responsável de ter tirado Israel do Egito.
b)Fica claro que nessas condições que eles não tinham a menor noção de quem era El Shaddai (Deus todo poderoso), o Javé Jirê (o Senhor proverá) e o Javé Shalon (o Senhor é de paz).
c)Fica também claro que nas condições exposta a confusão mental era tanta que ousaram pensar ser aceitável a escravidão.


Precisamos aprender que nem tudo é ameaça. E louvado seja o Senhor que essa dúvida não estava no coração de Moisés nem no de Deus.


a.Para onde o anjo de Deus se deslocou? Para trás deles (Êxodo 14.19). Para onde se deslocou a nuvem de Deus? Para trás deles.
b.E o mar? O mar era um desafio de fé, o mar é um pequeno exemplo do que Deus pode fazer por tua vida quando você a deposita em suas mãos.


Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
1Pedro 5.7

a)Deus se colocou na brecha.
b)Deus não escutou as suas queixas nem fez o que pediram.
c)Deus tinha um plano na vida de Israel assim como tem na tua vida.
d)Israel precisava se desembaraçar da situação anterior (escravidão), o fardo da opressão, angustia precisava ser retirado, a ferida sarada para que o povo pudesse entender os propósitos de Deus e ser um instrumento de bênçãos em Suas mãos.


“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. 29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. 30 Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. Mateus 11.28-30


MEU IRMÃO O QUE TEM IMPEDIDO VOCÊ DE SER UMA BÊNÇÃO NAS MÃOS DE DEUS?


Ponto 02


DEUS ESTÁ ONDE PODE FAZER A DIFERENÇA.


“E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro”.
Êxodo 14.20

•O destaque deste versículo não é ORIENTAÇÃO, mas PROTEÇÃO.
•Deus simplesmente montou guarda para proteger o seu povo, assim como na noite da páscoa.


“Esta noite se guardará ao Senhor, porque nela os tirou da terra do Egito; esta é a noite do Senhor, que devem guardar todos os filhos de Israel nas suas gerações”. (Êxodo 12. 42)


•E os egípcios?


a.Atacaram como era de se esperar. Centenas de flechas caíram por todos os lugares, menos no arraial do povo de Deus.
b.Eles não estavam com medo, pois tinham seu deus ao seu lado, portanto não se sensibilizaram com as trevas e tudo mais que poderiam vir pela frente. Neste ponto a glória do Senhor estava em jogo.


“Mas Faraó disse: Quem é o Senhor, cuja voz eu ouvirei, para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir Israel”. Êxodo 5.2


•Esse verso é de batalha espiritual.
•Em Êxodo 14. 13-14 vemos simplesmente Moisés reafirmar essa realidade de guerra espiritual


“Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver. 14 O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis”.


É mais:


a.Israel tinha que romper com seus medos
b.Israel precisava marchar em silêncio.


(...) “e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite”;


LUZ para aqueles que o conhecem e o obedecem (João 10:14 - Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.)
TREVAS para aqueles que o rejeitam propositadamente (2 Pedro 2. 17 - “Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas eternamente se reserva”.)


Da mesma forma como não existe comunhão entre a luz e as trevas aqui essa doutrina é sensivelmente acentuada. Havia uma divisão clara, pois existiam motivações diversas:


a.Egito – Propósito de morte.
b.Israel – Propósito de vida.


Diz à palavra que havia uma separação entre um grupo e outro. Deus era essa barreira.


Ponto 03


DEUS ESTÁ ONDE O MILAGRE TEM QUE ACONTECER.


“Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas”. Êx. 14.21


O mesmo vento oriental de Êxodo 10.13, de Jonas 4.8, aparece neste texto. A conclusão desse verso é simples: A natureza está sujeita a Deus e faz aquilo que o apraz (Mt 8.27; Sl 104.4).


Passos para a libertação de Israel:


a)Quando Israel deixou de se queixar, deu crédito a palavra, andou debaixo da orientação do Senhor, El Shaddai fez as águas abrirem-se diante dos seus olhos.
b)Esse show Deus preparou EXCLUSIVAMENTE PARA SEUS FILHOS e tem se renovado a cada dia quando um pecador se arrepende e aceita Jesus como seu Senhor e salvador, quando CURAS, LIVRAMENTOS, LIBERTAÇÃO, CONSOLO, PAZ são ministradas pelo Espírito de Deus aos seus filhos.


Irmãos como vocês estão nesta manhã? Precisa de livramento? Está esperando uma resposta de Deus? Vejam:


a.O mar está seco,
b.O caminho está livre,
c.Basta simplesmente crê e andar na direção do livramento.



Lembre-se:

Deus está:


a)Onde existe verdadeiramente necessidade de sua presença;
b)Onde pode fazer a diferença;
c)Onde o milagre tem que acontecer.



Que o grande Deus do Universo possa dirigir essa mensagem aos milhares de corações desamparados e aflitos, confortando-os e dando vitórias sobre o mal. Para aqueles que ainda não tiveram uma real experiência com Deus, que essa mensagem possa ser um instrumento nas mãos do todo poderoso para fazê-lo refletir e aceitar Jesus como seu único senhor e salvador.

Se quiseres aceitar Jesus como seu salvador faça essa oração:

Senhor Tu sabes que sou um pecador e que não mereço nada de ti, mas confiando em tua misericórdia entra em minha vida e faz-me teu servo e ser meu Senhor e Salvador. Tudo isso te peço em nome de Jesus.

Amém!

Estudo Bíblico realizado na Igreja Batista do Alecrim
Natal 24/08/08
Jerônimo Viana de M. Alves.

2 comentários:

Comente o texto e ajude-nos a aperfeiçoá-los.