Projeto Vila Naval: espaço de convivência e identidade histórica

Escola Estadual Alte Newton Braga de Faria
Relatório de Pesquisa – Vila Naval do Alecrim
Prof. Jerônimo Viana de Medeiros Alves

Nos dias 30 de outubro a 09 de novembro, realizamos um recenseamento na Vila Naval do Alecrim (sargento e suboficiais) com o propósito de traçar o perfil da comunidade, reconstruir a história local, bem como demonstrar as diversidades culturais existentes nesse espaço, fruto dos vários brasis, que compõe nossa federação, e ali representados por seus moradores.
A primeira informação coletada na pesquisa dá conta que os moradores da Vila Naval do Alecrim são originários de diversos Estados brasileiros. Esse dado despertou os alunos para a dimensão nacional que tem a Marinha de Guerra do Brasil, bem como para sua importância como instituição mantenedora da nossa segurança e integradora dos diferentes elementos culturais da pátria brasileira.
Das 44 famílias que responderam o nosso Censo, identificamos que os Estados do Rio de Janeiro com um total de 23 grupos familiares e do Rio Grande do Norte com 11 grupos familiares detém o maior número de moradores da Vila Naval do Alecrim. Contudo, a Bahia, o Ceará, o Pará, o Paraná e Pernambuco tem aqui sua representação.
Foi observado, durante o desenvolvimento da pesquisa, que a família naval é numerosa. Em 20 casas recenseadas moravam em média 04 pessoas; em onze casas 05 ou mais pessoas. Essa constatação causou surpresa aos alunos, visto que a família atual tende ser menor devido às circunstância da vida tais como: alimentação, saúde, educação, emprego e moradia.
É bom frisar que a pesquisa não discriminou o grau de parentesco entre os moradores da casa recenseada. A nota dissonante desta média familiar ficou entre dois grupos: o primeiro composto por nove famílias que mantém o padrão de 03 pessoas por casa e o segundo formado por quatro famílias que tem em média 02 pessoas por casa. Uma boa parte dos 44 grupos familiares mora na Vila entre seis meses a um ano. Nesse patamar encontramos 26 famílias entrevistadas. As que moram há mais tempo são as seguintes: 

Número de casas recenseadas
Tempo de moradia
07 famílias
Dois anos.
01 família
Três anos.
10 famílias
Quatro anos.

Quando perguntados se todos os membros da casa trabalham, trinta e três (33) famílias responderam que não, enquanto onze (11) declararam que todos os seus membros trabalham.
Esse dado é interessante, visto que nos revela outra realidade: A família da Marinha Brasileira é jovem com muitos filhos em idade escolar. Portanto, ainda fora do mercado de trabalho. Outra leitura que podemos fazer destes dados está relacionada ao deslocamento constante dos militares pelo Brasil, o que dificulta o emprego e até a criação de raízes em um Estado específico.
A tese que a família da Marinha é jovem parece se confirmar, quando observamos o número de pessoas que estudam por família. Trinta e dois (32) entrevistados responderam que todos os membros da sua família estudam; contra doze (12) que não estudam ou já haviam finalizado.
Em nossa pesquisa não foi especificado o grau de estudo ou a faixa etária dos membros da família Naval, mas pela constatação visual e matrícula em nossa escola um bom número desses moradores está cursando o Fundamental I, II e Ensino Médio. Para analisarmos como andava a saúde da família naval fizemos algumas perguntas sobre a prática de esportes. Trinta (30) entrevistados responderam que seus familiares, ou parte deles, praticam algum tipo de esporte, contra quatorze (14) que se declararam sedentários.
A caminhada, a dança, a corrida, o futebol, a musculação, a natação e o voleibol foram algumas das modalidades citadas pelos recenseados. Destas modalidades a caminhada é a que teve o maior número de praticantes, seguida da corrida, musculação e natação. 

Modalidade
Número de praticantes
Caminhada.
6
Dança
3
Corrida.
5
Futebol.
2
Musculação
5
Natação
5
Voleibol
3
Nenhuma informação
15










Apesar do índice de pessoas que praticam alguma modalidade esportiva ser alto, não podemos nos esquecer daqueles que insistem em ter uma vida sedentária. O fato de não se exercitarem tem por motivação:

·       A falta de vontade. 
·       A falta de tempo para os exercícios.
·       A falta de aparelhos.
Esses são alguns dos motivos alegados pelos moradores da vila que impedem a prática da atividade física entre os grupos sedentários.
No quesito saúde, vinte e oito (28) entrevistados declararam que nenhum membro da sua família possui qualquer tipo de enfermidade, contra quinze (15) que responderam positivamente.
As enfermidades mais comuns aos moradores da Vila são de origem cardiovascular e diabetes. Contudo, existem outras tais como: câncer, hipotireoidismo e fibromiogia. 

Enfermidades
Número de famílias
Cardiovasculares
05 Família
Diabetes
09 Família
Câncer
01 Família
Hipotireoidismo
01 Família
Fibromiogia
01 Família

Apesar de ser preocupante o numero de pessoas enfermas, a grande maioria é saudável. Daí o alto índice de desportistas, de não fumantes (trinta e oitos pessoas declararam que não fumam, dois não responderam e só 04 responderam que fumam diariamente) bem como, de pessoas ativas socialmente (participam de festas, frequentam salas de cinemas, igrejas etc.). 

A busca por uma melhor qualidade de vida determinou a criação de animais e plantas. Em nossa pesquisa metade dos moradores da Vila possui algum tipo de animais, ou seja, das 44 famílias entrevistadas, 24 responderam que criam animais; 19 responderam negativamente e 01 se absteve de responder.

Animais como cachorro, gato, peixe, ave e Ramister são os mais comuns. Do universo de 24 animais criados, quatro não são vacinados. A não vacinação de cães e gato é preocupante, visto que é um atentado contra a saúde pública. O cuidado com as plantas é outro hobby praticado pelos moradores da vila. Independente de ser um substituto ou não dos animais, essa prática está alinhada com o antigo uso deste espaço. 

Antes de ser a Vila Naval que conhecemos hoje, no passado era o Sítio do Dr. Choque. Desse tempo sobreviveram as mangueiras e os poucos sonhos infantis. Os jambos, as siriguelas, a perseguição do morador aos caçadores de manga fazem parte da memória de muitos, assim como, as lendas do curupira, lobisomem e caipora, que apavoravam a meninada da antiga Natal. 

Essa fé popular e desprovida de maior significado caminha próxima a outro tipo de fé: a institucional. Dos 44 moradores da Vila Naval, 24 disseram-se católicos, 16 evangélicos, 01 espírita e 03 não quiseram responder.

Quanto ao fator religioso, podemos constatar a diversidade de crenças comuns ao povo brasileiro aqui manifesta pela pesquisa.

Ação Pedagógica.

Levantado os dados acima cuidamos de organizar algumas ações, tais como:
·         Dias 30 e 31 de outubro - Visita a Base Naval de Natal com os alunos do Fundamental I e II.
·     Dia 27 de novembro - Vinda a escola do médico veterinário Diógenes Soares (Chefe Centro de Controle de Zoonoses de Natal) para ministrar uma palestra sobre os cuidados com os animais domésticos e silvestres para nossos alunos do Fundamental I.
·         Dia 01 de dezembro – Montagem na escola de um posto de vacinação de cães e gatos.
·     Dia 03 de dezembro – Palestra do Tenente Juarez e suboficial Dantas sobre o histórico das Vilas Navais (número de três) de Natal, RN, e informes sobre o trabalho que a Marinha de Guerra desenvolve no Brasil.

Diante da constatação da existência de grupos familiares sedentários ou enfermos (doenças cardíacas e diabetes) era desejo nosso organizar uma caminhada pelas ruas do bairro a fim de chamar atenção para os males do sedentarismo, bem como trazer à escola médicos e nutricionistas para orientar familiares dos nossos alunos e moradores da Vila acerca dos cuidados com a saúde. Infelizmente, por uma questão de tempo e material humano, essa atividade deixou de ser realizada; contudo, pode ser retomada no ano letivo de 2013, desde que existam condições para tal.
Paralelo às ações citadas, preparamos nossos alunos para a ultima etapa do trabalho: a apresentação da pesquisa. Nessa fase, tomamos as seguintes decisões:
·         Dividimos as turmas do 2º ao 6º anos em diversos grupos de interesses.
·         Distribuímos os temas do trabalho de acordo com o resultado da pesquisa.

Turma
Segmento
Atividade a ser desenvolvida
2º ano
Fund. I
Profa. Francisca Campos – Componentes de uma boa alimentação
3º ano
Fund. I
Profa. Lúcia Morais – Botânica – Estudo sobre as mangueiras (arvore predominante na Vila Naval).
4º ano
Fund. I
Profa. Wanda – Apresentação das ruas e casas que compõe a Vila Naval do Alecrim.
5º ano
Fund.I
Profa. Rita – Produção de textos – Visita a Base Naval de Natal,RN.

6º ano 1

Fund. II
Exposição das diversas modalidades esportivas praticadas pelos moradores da Vila Naval do Alecrim [Sargento e suboficial] e doenças declaradas na pesquisa.

6º ano 2

Fund. II
Exposição dos diversos Estados Brasileiros representados pelos moradores da Vila Naval do Alecrim. Ficou também na responsabilidade dessa turma apresentação dos gráficos referente ao censo.
6º ano 3
Fund. II
Exposição dos diversos grupos religiosos existente na Vila Naval do Alecrim.

No dia 06 de dezembro de 2012, concluímos o projeto com uma grande apresentação dos trabalhos para a comunidade escolar, familiares e visitantes. A avaliação das atividades propostas teve como critérios: 

·         Apresentação.
·         Conteúdo significativo.
·         Cooperação.
·         Material exposto.
·         Participação.
·         Pontualidade.

Conclusão

O projeto Vila Naval do Alecrim nos deu uma visão atual da comunidade que hoje habita esse espaço, que é histórico, econômico e cultural. Dinâmico como o homem, que mora sobre ele, modifica-se a cada momento que um novo grupo familiar chega para ocupar seu espaço e montar sua história de vida em nossa cidade.
Hoje encontramos uma vila múltipla em sua diversidade cultural, fruto dos vários brasis, do universo das vontades, desejos e objetivos comuns ao nosso povo.  É também uma comunidade saudável, que gosta da praticar esportes e tem compromisso com o país que acolheu seus muitos filhos e filhas.
Quanto às dificuldades, sua luta é igual à de todos nós: o desemprego, as enfermidades, a urgência na educação dos seus queridos levam esses homens e mulheres a não só investirem em seus estudos, mas também na fé religiosa.

 -------------------------------------------------------------------------------------




---------------------------------------------------------------------------------------------------------


 Culminância do projeto



 -------------------------------------------------------------------------------------

A Profa. Francisca Campos desenvolveu uma pesquisa com seus alunos do 2º Ano do Fundamental I, sobre componentes de uma boa alimentação. Todo o trabalho da professora foi baseado no resultado do censo aplicado aos moradores da Vila Naval do Alecrim [sargento e suboficiais] acerca dos seus hábitos alimentares. "Foi uma ótima oportunidade dos pequenos aprenderem sobre alimentação saudável. Esse tipo de estudo ficará marcado para sempre em seus corações. O entusiasmo com que meus alunos abraçaram esse projeto é meu presente de final de ano". Falou a mestre


----------------------------------------------------------------------------------

Os alunos Douglas e Thalita do 6º ano 3, ensaiam para a apresentação do seu trabalho escolar na Amostra Científica - 2012, E.E. Alm. Newton Braga de Farias. O tema dos jovens é Alimentação Saudável. Thalita é nossa medalhistas ouro das paraolimpíadas - 2012, ocorrida na cidade de São Paulo.  


-------------------------------------------------------------------------------

Hoje foi mais um dia de preparação para a nossa amostra Científica - 2012. De acordo com a  programação a culminância do projeto Vila Naval do Alecrim estava marcado para acontecer no dia 04 de dezembro deste ano, porém essa data foi prorrogada para o dia 06 do mês em curso, devido a problemas estruturais em nossa escola. 

6º ano 1 - Grupo de Letícia Maciel

Graças ao bom Deus, ao incansável apelo da comunidade e ação dos nossos diretores o problema foi resolvido. 

A Secretaria de Educação do Estado mandou uma equipe de técnicos que solucionou o problema da queda de energia que inviabilizava a continuidade do projeto. Agora dentro deste novo contexto, pudemos com mais tranquilidade planejar melhor os próximos passos da Amostra Científica - 2012.

6 Ano 3 - Grupo de Maxwell

Neste sábado, 01 de dezembro de 2012, como parte de uma ação concreta do projeto teremos a vacinação de cães e gatos de toda Vila Militar [sargento e suboficiais] e circunvizinhanças. Aproveitamos o ensejo para convidar todos os moradores a participarem desta ação. 

A vacinação ocorrerá nos turnos da manhã e tarde, caso haja alguma alteração no horário de atendimento o aviso será dado pela equipe de Zoonoses no sábado pela manhã. Portanto, não perca a oportunidade de cuidar da saúde do seu bichinho de estimação e família. Vacine seu cão e gato contra a raiva animal.

6º 2 - Grupo de Mariana e Pedro

Hoje foi uma manhã de aconselhamento e treinamento dos jovens pesquisadores para o fechamento dos trabalhos. Entramos por assim dizer na reta final do nosso projeto. 

Minhas aulas de hoje foram com os 6º 1, 2 e 3. Nessas três turmas encontrei jovens interessados e empolgados para realizar o seu melhor. No 6º 1, visualizei o trabalho sobre danças regionais do grupo Letícia Maciel. 
6 Ano 2 - Grupo de Gabriel

Após a sua exposição foram destacados pontos fortes e fracos do grupo, bem como, foi dada a devida orientação de como realçar os pontos positivos. 

Em nosso Censo Cultural foi identificado os lugares de origem dos moradores da Vila Naval. A partir desta informação cada Estado aqui representado passou a ser alvo da pesquisa dos nossos pequenos. Aspectos geográficos, históricos, econômicos e culturais foram objetos do nosso estudo. Os grupos envolvidos na pesquisa estão conhecendo um pouco da cultura brasileira a partir dos Estados de origem dos moradores da Vila. Essa é sem dúvida uma das boas razões da existência deste projeto.

6Ano 2

O grupo de Gabriel pela mesma razão apresentou um tema esportivo, ou seja, natação. Essa é uma das muitas prática esportivas dos moradores da Vila. No 6º 2, tivemos o trabalho de Mariana e Pedro sobre o Rio de Janeiro e o de Gabriel sobre o Paraná. Já no 6º 3, Ana Clara falou sobre o Espiritismo e Maxwell abordou o tema Igreja Presbiteriana.

Thalita e Douglas - 6ano 3
Enquanto nas salas de aula ouvíamos as apresentações dos grupos no pátio da escola outros alunos trabalhavam sua maquetes para o grande dia. É o caso do grupo de Beatriz. Esse grupo vem trabalhando o catolicismo, que em nosso censo foi uma das pratica religiosas mais citadas pelos moradores da Vila. Acerca do seu trabalho veja o vídeo abaixo.


Se as turmas do sextos anos vem trabalhando a todo vapor para a culminância do projeto, muito mais os pequenos do fundamental I. Nas fotos abaixo temos diversas produções de texto da professora Rita do 5º ano. Dá gosto de se ver. Sem mais, vamos confiante para o dia 06 de dezembro e nossa Amostra Científica - 2012. A todos um forte abraço.








------------------------------------------------------------------------------


Recebemos em nossa escola o senhor Diógenes,  médico veterinário e chefe dos Centro de Controle de Zoonoses de Natal, RN. 

Diógenes falou para uma representação de alunos da nossa escola sobre os cuidados que devemos ter com os animais domésticos e silvestre, bem como conclamou a comunidade da Vila Naval e vizinhanças a participarem da campanha de vacinação de cães e gatos que ocorrerá neste sábado 01 de dezembro, nas dependências da nossa escola.

Os alunos da professora Wanda se mostraram bastante interessados nos informes e se comprometeram a cuidar melhor dos seus animais caseiros.


De forma simples, mas contundente o médico veterinário foi repassando os cuidados básicos no trato com os animais a fim de evitar transmissão de doenças até comuns em comunidades desinformadas acerca dos perigos que este contato pode trazer as pessoas. Vejam parte do seu depoimento.

--------------------------------------------------------------------------------



--------------------------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------------------

Thalita e Maria Clara são portadora de cegueira, mas isso não impede de produzir seus trabalhos com eficiência  O Newton Braga está se tornando uma escola modelo em Natal no trato com deficientes visuais. Como infra-estrutura já contamos com uma sala de multi-recursos, uma coordenação especializada, o também cego Prof. Lenilson, bem como, o suporte técnico da Secretaria de Educação do RN, além de contar com um quadro de professores dedicados a essa nova realidade acadêmica    


-------------------------------------------------------------------------------------------- 



----------------------------------------------------------------------------------------------- 


----------------------------------------------------------------------------------------------


--------------------------------------------------------------------------------

ESCOLA: E.ALM. NEWTON BRAGA DE FARIA
NOME: MONISE WARA DA SILVA ALVES. N:31


Saída:08/15  
Chegada:08:42
Volta:12:00
----------------------------------------------------------------------------------

Quando chegamos fomos recebidos pelo marinheiro Gustavo,e fomos guiados até o navio pelo sub-oficial Dantas e o cabo Ricardo. A turma passou pela farmácia irmã Dulce e a Escola Calazans pinheiro e depois de ter esperado mais de 15 minutos entramos na Base naval, passamos pelo campo de futebol, passamos por canhões. Vamos visitar o navio da marinha, que bom. Gente a Marinha é muito grande, passamos pela Escola de Recrutas, passamos pela quadra de futsal. O sub-oficial Dantas está respondendo todas as nossas perguntas. A Base Naval foi construída durante a  guerra. 

Vilas Navais: temos 03 vilas e 09 apartamentos, ao todo são 484 casas.  Agora vamos conhecer o navio, passamos pelo pátio de cerimônia e capela. A imagem de São Pedro pescador é muito bonita e está bem em frente a igreja. vamos entrar no rancho, o tamanho da base naval é do tamanho de 427 campos de futebol um ao lado do outro. Passamos pela academia onde os marinheiros se exercitam, passamos pelo cinemar, os navios são enormes estamos de frente ao dique flutuante e  aos navios. O dique é feito de cimento ele serve para consertar os barcos pequenos. Ele afunda e o barco fica em cima e o dique sobe a embarcação que será concertada. Para o dique afundar eles tiram partes do dique ai  a água entra, ele afunda e depois eles tiram a água do dique com uma máquina. Dentro  do navio tem muitas máquinas barulhentas e o barco balançava muito, o nome do barco era Grajaú. Dentro do navio tem uma metralhadora  e o tamanho da bala tem 30 cm, tem um balsa para as emergências. Na cabine do navio tem muitos botões,  controles, tem GPS, a visão é incrível. O navio navega vários quilômetros por hora, tem computadores, radar, tem uma mine-televisão é incrível. O navio é guiado por um GPS.
Depois de toda essa aventura saímos do navio organizado em filas para voltamos a escola.


----------------------------------------------------------------------------- 

E.E. Newton Braga de Faria
Natal,30 de Outubro de 2012

A base naval foi construída durante a Segunda Guerra Mundial, e por sorte nunca foi atacada. Também teve muitas construções dentro dela, por exemplo, existe uma capela naval  muito velha de 1945 e um navio que completará em 2013 20 anos de serviço a marinha.

Vilas Navais

Existe 484 casas e 09 apartamentos em todas as vilas Navais. A partir da construção da Base Naval foram também construídas as primeiras vilas. Também dizem que as escolas Alm. Newton Braga e a escola Ary Parreiras foram as únicas escolas construídas nas vilas militares.

Relatório de passeio

Saímos da escola as 08h15min do dia 30/10/2012, fomos para uma aula de campo na Base Naval. O sub Dantas nos falou que a Base Naval é  única força militar  localizada no bairro do Alecrim. Lá dentro nós precisamos fazer silêncio e não podemos  jogar lixo no chão. 

O Newton Braga foi uma das únicas escolas do Rio Grande Do Norte que foram ao passeio na Base. Quando chegamos fomos recebidos pelo sub oficial Dantas que nos coordenou e conduziu no passeio. Ele nos mostrou a Escola de Formação de Soldados, a capela e o navio Grajaú.

Sobre o navio Grajaú

Em um navio existe a proa e a polpa. O navio Grajaú tem uma cabine de comando bem grande de onde se pode ver qualquer coisa, principalmente o rio Potengi um dos maiores do Rio Grande Do Norte. O soldado nos falou que se o navio ficar sem navegação via GPS os marinheiros usam uma agulha magnética e cartas náuticas para escapar do aperto. Esse navio tem três conveses: o primeiro, o segundo e o principal. Esse navio bateu o recorde de 476 dias no mar. A marinha Brasileira cuida da nossa segurança.

Turma: 61
Componentes:

Luís Alfredo – nº 23
Arthur Guilhermy - 06
Elbert Natan – 11
Turma: 6 ano 1


---------------------------------------------------------------------------------
O vídeo registra duas atividades referente ao projeto Vila Naval do Alecrim. a primeira sob a responsabilidade da Profa. Lúcia Moraes [3ª ano - Fund. I] e Maria Salete e a segunda pelos professores do Fundamental I e coordenações da Escola.



-------------------------------------------------------------------------------------

Natal 30.10.2012.

Os alunos do 6º ano 1, 2 e 3, visitaram essa manhã a Base Naval de Natal, RN, como parte do projeto Vila Naval do Alecrim: espaço de convivência e identidade histórica.
Agradecemos a Marinha do Brasil e em especial ao Suboficial Dantas pela maravilhosa recepção e carinho com que tratou nossas crianças. A programação de visita a Base Naval continuará amanhã com as turmas do Fundamental I.



_________________________________________________________



 Hoje entramos na segunda fase do nosso projeto. Os alunos do 6° ano 2, saíram pelas ruas da Vila Naval do Alecrim [sargentos]  com o objetivo de aplicar o censo cultural aos seus moradores.

Nossa saída da escola aconteceu no 5° horário e apesar do sol ninguém reclamou do trabalho, pelo contrário queriam continuar aplicando a pesquisa indefinidamente.

Nossas colunas neste inicio de projeto foram Sandra Vasconcelos e Conceição. A essas bravas colegas meu muito obrigado, bem como a todos que nos receberam com atenção e zelo pelo trabalho dos pequenos.

O objetivo do censo e levantar o perfil das famílias que moram na Vila Naval do Alecrim. Aspectos importantes como prática de esportes, alimentação saudável, histórico de saúde familiar, dados culturais e outros foram levantados por nossos pesquisadores. A intenção da equipe de professores que participam do projeto é contribuir com a comunidade naquilo que a escola pode oferecer quanto instituição prestadora de um serviço educacional. Trabalhamos com formação e informação e é exatamente nesta área que queremos retribuir a comunidade sua colaboração com o projeto.

 Acreditamos que toda pesquisa tem que ser finalizada com uma ação concreta. É proposta da equipe de professores do Newton Braga [matutino] oferecer aos moradores informes [palestras e ações] sobre: Comida saudável, qualidade de vida, cuidados com animais domésticos e outros, mas como afirmamos no início estamos apenas começando o projeto e cremos em Deus que chegaremos a bom termo em breve. Um abraço a todos.


Alunos do 6°2
 Projeto -  Vila Naval do Alecrim: espaço de convivência e identidade histórica




No Vídeo abaixo temos o registro da apresentação do projeto para o grupo de professores da E.E. Alm. Newton Braga. Posteriormente fotos dos alunos do 6° B e C trabalhando com texto e por último uma aula da Profa. Karla sobre Refoles.

video

---------------------------------------------------------------------------------------------
Censo populacional - Parte do documento.


Escola Estadual Alm. Newton Braga
Projeto Vila Naval: um espaço de convivência e identidade histórica.
Censo populacional

Disciplina:  Geografia:
De qual lugar da federação veio sua família? _______________________________________________________
Quantas pessoas moram nesta casa?
2 pessoas (    ).        3 pessoas (    ).      4 pessoas (    ).   Mais de 4 pessoas (    ).
Há quanto anos moram nesta casa?
 1 ano       (    ).        2 anos       (    ).           3 anos       (    ).      Mais de três anos  (    ).
Todos trabalham?   Sim (    ).   Não (    ). Quantos? __________.
Todos estudam?      Sim (    ).   Não (    ). Quantos? __________.

Disciplina de Educação Física:
Praticam algum tipo de esporte?           Sim (    ).              Não (    ).
Qual modalidade de esporte?
Futebol.   (    ) Voleibol.   (    ) Corrida.  (    ) Natação.  (    ) Caminhada. (    ).  Outros __________________________________
Tem alguém na família com problema de saúde?      Sim (    ).    Não (    ).
Qual problema?
(    ) Problema cardiovascular (Pressão alta ou baixa).
(    ) Diabetes.
(    ) Lúpus.
(    ) Outros:

---------------------------------------------------------------------------------------------













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o texto e ajude-nos a aperfeiçoá-los.