sábado, 27 de fevereiro de 2010

Gratidão - Salmo 136

Agradecimento e louvor são ações intimamente ligadas à vida do crente. Não é bom servo aquele que não mantém um coração agradecido a Deus pelo muito que tem feito em sua vida. Parece lógico essa posição, mas de difícil exercício. Diariamente somos levados a negar a Deus o louvor merecido quer por nossa negligencia espiritual ou pelo ativismo da vida moderna.
O rei Davi não agia assim. Nos três primeiros versos do salmo destacamos sua ênfase no senhorio de Deus sobre sua vida.

• Senhor (v1).
• Deus dos deuses (v2).
• Senhor dos senhores (v3).

Todos os versos iniciais são acompanhados da afirmativa: porque a sua benignidade dura para sempre.

Está claro para Davi que Deus é único e como tal reina absoluto no universo. Nada pode contrariar sua vontade. Deus está muito além da percepção, sentimento, conhecimento humano. Contudo, é amável com os homens. Ele não deu a mínima para nossa baixeza (Sal 136:23 - Que se lembrou da nossa baixeza; porque a sua benignidade dura para sempre;) e nos presenteou com sua graça salvadora (Tit 2:11 - Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens,).
Para Davi havia infinitos motivos para louvar esse Deus gracioso. E eles os enumera:

• Aquele que só faz maravilhas (v4)
• ... por entendimento fez os céus (v5)
• Aquele que estendeu a terra sobre as águas (v6)
• ... fez os grandes luminares (v7) ... sol ...lua e as estrelas(v8 e 9)
• O que feriu o Egito nos seus primogênitos (v10)
• Tirou Israel do meio deles (v11) ... Com mão forte e braço estendido (v12)
• ... dividiu o mar vermelho (v13)
• ... derrubou faraó com seu exército no Mar Vermelho (v15)
• Aquele que guiou o seu povo pelo deserto (v16)
• Aquele que feriu os grandes reis (v17) ... e matou reis famosos (v18) ...Siom (V19) ...Ogue (v20) ... e deu a terra deles em herança (v21) e mesmo em herança a Israel (v22)
• Que lembrou da nossa baixeza (v23) e nos remiu dos nossos inimigos (v24)
• ...dá mantimento a toda carne (v25)

A primeira vista reconhece o Deus criador, depois exalta ao Deus que apesar de ser infinito é também pessoal, visto que trata com Israel histórico e os livra. Por ultimo exalta ao Deus que atenta para a “nossa baixeza”.
Esse era o Deus de Davi. Esse é o nosso Deus, o meu Deus. Não existe nenhum motivo para não sermos ingratos ao Senhor. Nesse momento estou me lembrando da queixa de Cristo:

12 E, entrando numa certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe; 13 E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós.
14 E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos. 15 E um deles, vendo que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz;
16 E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano. 17 E, respondendo Jesus, disse: NÃO FORAM DEZ OS LIMPOS? E ONDE ESTÃO OS NOVE? 18 Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? 19 E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.
Lucas 17. 12-19

Como dói no coração do Pai a ingratidão do seu filho.

Davi teve muitos motivos para louvar a Deus e nós? Lembro com alegria do dia em que Deus me:

• salvou da condenação eterna;
• remiu o meu pai de igual mal;
• curou de uma enfermidade através dos médicos;
• deu sustento quando carecia dele;
• presenteou com uma família linda;
• abençoou com uma profissão maravilhosa;
• deu um teto para morar.


Além dessas bênçãos existem mais. O que dizer dos LIVRAMENTOS INVISÍVEIS tais como doenças que não permitiu que se manifestasse, ou consumisse minha vida e por ai vai à lista da misericórdia do Senhor sobre minha vida. Imagino amados que listas e listas são somadas a essas todos os dias quando Deus age em sua vida. Não, definitivamente temos uma divida eterna, impagável de gratidão a esse Deus criador, Senhor e sustentador do universo. Sejamos, pois gratos.

2 comentários:

  1. Apesar das nossas lutas, reconhecer todos os dias que Deus é maravilhoso, e que faz tudo em nosso favor, dia após dia, e sermos sempre gratos a ELE por todas as coisas; mesmo na adversidade.

    ResponderExcluir
  2. Que blog abençoado. Tenho estudado a bíblia com o auxílio dele.

    ResponderExcluir

Comente o texto e ajude-nos a aperfeiçoá-los.